SONDAGEM A PERCUSSÃO

SONDAGEM A PERCUSSÃO

O ensaio de SPT consiste na coleta de amostras das várias camadas de solo atravessado, por meio de barrilete amostrador, aproveitando-se esta operação para medir a resistência oferecida pelos subtratos do subsolo à sua penetração. Para isto, é registrado o número de golpes de um peso batente de 65 Kg caindo de uma altura de 75 cm, necessário para cravar o amostrador cerca de 45 cm (operação esta realizada a cada metro perfurado).

As resistências assim medidas e expressas em números de golpes para os 30 cm finais do ensaio de penetração, dão uma idéia da consistência ou compacidade relativa às várias camadas atravessadas.

A sondagem representa também os pontos de retiradas das amostras, na ordem e profundidade em que foram colhidas, o nível do lençol freático, quando encontrado. As amostras coletadas em campo são classificadas e descritas após análise táctil-visual e ficam à disposição para uma possível contra prova por 30 dias.

Para execução dos serviços e do relatório final obedecemos normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas – NBR 6484, NBR 6502, NBR 7250).

ESTACAS ESCAVADAS

SONDAGEM ROTATIVA

A sondagem rotativa será empregada sempre que se torne impossível prosseguir com a sondagem a percussão, nos casos previstos na NBR-6484/80 ou quando for atingida uma camada de rocha dura, mas sempre com a concordância da fiscalização do estudo. Deverão ser perfurados 5,00m de rocha, quando então o furo será dado como concluído. A profundidade da sondagem deve ser interrompida de acordo com critérios preestabelecidos, em função da obra a executar.

É um método de investigação que consiste no uso de um conjunto moto-mecanizado, projetado para a obtenção de amostras de materiais rochosos, contínuas e com formato cilíndrico, através de ação perfurante dada basicamente por forças de penetração e rotação que, conjugadas, atuam com poder cortante. É realizada através de sonda rotativa, providas de hastes, coroa de corte e barrilete amostrador.

POÇO DE MONITORAMENTO

POÇO DE MONITORAMENTO

Poços de monitoramento são executados para obtenção de amostras de água subterrânea, para verificação, através das análises químicas e físico-químicas, a qualidade hidrogeológica e possíveis contaminações.

Esses poços são fundamentais para processos de licenciamento ambiental. Podem também ser construídos como parte da análise preliminar para implantação de empreendimentos.

Os procedimentos para instalação de poços de monitoramento são realizados de acordo com a norma ABNT NBR 15495-1 – Poços de Monitoramento de Águas Subterrâneas em Aquíferos Granulares